Por que há centenas de ônibus vazios na Zona Sul, Tijuca e Centro e ônibus lotados no subúrbio?

    34
    0

    Resgato uma dívida aqui com o Blog. Desde setembro de 2011 prometi escrever este artigo, mas não pude antes.

    Esse tema é importantíssimo e vou esclarecer para vocês a relação de fatos que prejudica a qualidade de vida do carioca: trânsito ruim, amontoado de ônibus, lucros de empresas de ônibus e falta de interesse de solução dos políticos.

    Eu sei que você ja´percebeu, mas vou perguntar assim mesmo, somente para introduzir o artigo.. você já percebeu que há uma centena de linhas de ônibus e de ônibus na Zona Sul, Tijuca e Centro e que não há tantos ônibus e linhas assim no subúrbio? Já percebeu que os ônibus do subúrbio vivem lotados e od da Zona Sul, Centro e Tijuca não, mas mesmo assim circulam todos os dias, mesmo que com meia dúzia de gatos pingados? Por quê?

    Gente, o que ocorre é simples. Não vou me delongar por causa desta simplicidade. O que ocorre é que linhas de ônibus entre Zona Sul, Tijuca e Centro são de itinerários curtos, em área plana, exigindo pouco custo de manutenção de cada ônibus nessas linhas tanto com manutenção de peças quanto em relação ao combustível. Assim, todas as empresas de ônibus querem mais linhas nesta região pois poucos passageiros por dia pagam o custo e ainda dão bons lucros.

    Por outro lado, trechos vindos do subúrbio, da Baixada Fluminense e da Zona Oeste, para o Centro são longas e com trechos não tão bem asfaltados e ainda com muitos aclives e declives, assim, exige-se mais por cada viagem dos ônibus, gerando maior consumo de combustível e maior custo de manutenção de peças de cada ônibus. Sendo assim, são necessários mais passageiros para pagar o custo da manutenção dessa linha e desse ônibus que vem de longe e isso também diminui os lucros das empresas de ônibus.

    Portanto, fica claro que as empresas de ônibus, sempre que puderem, inventam trechos próximos ao centro e fogem dos trechos longe do centro do Rio de Janeiro.

    A solução seria o que o Gabeira já tinha sugerido: diminuir linhas entre Zona Sul, Centro e Tijuca e aumentar número de linhas do subúrbio, Baixada e Zona Oeste para o Centro, garantindo normalidade de prestação de serviço de transporte público em ambos os lados. Isso diminuiria o trânsito na Zona Sul e Tijuca, ao mesmo tempo qem que garantiria melhora de qualidade de serviço público de transporte para o subúrbio, Baixada Fluminense e Zona Oeste.

    Mas o que foi feito? O atual Governo Municipal apenas reorganizou e pintou os ônibus das empresas que prestam o serviço de transporte público deste modal, não havendo qualquer notícia que tenha chegado a mim de que linhas da Zona Sul foram desativadas e criadas linhas no subúrbio, estimulando as empresas a prestarem mais serviços no subúrbio e melhorando o trânsito na Zona Sul e Tijuca.

    Fica aqui mais esta denúncia. Quem quiser melhorar o transporte público deve ampliar o Metrô e diminuir linhas em regiões que têm excesso de ônibus e aumentar oferta de linhas de ônibus nos locais que precisam dessas linhas.

    Isso baixaria a lucratividade das empresas de ônibus e assim, os políticos não se interessam em realizar o bem público, e os ônibus da Zona Sul e Tijuca continuarão vazios indo ao centro (principalmente os da Zona Sul), enquanto os do subúrbio continuarão lotados e insuficientes para a população do subúrbio do RJ, Baixada Fluminense e Zona Oeste.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui