“Morar Bem” confirma queda de valores de imóveis e reajuste entre 25% e 30% durante o ano de 2012

    29
    0

    O Blog Perspectiva Crítica traz a você trechos do artigo “Freio nas expectativas – ritmo de vendas já não se sustenta, e Rio registra queda de preço de imóveis usados”, publicado hoje, 20/05/2012, no caderno “Morar Bem” do Jornal O Globo, que confirma a queda de valores nos imóveis usados e previsão de queda de valores imobiliários entre 25% e 30% durante 2012.

    “Na Zona Sul, os preços dos usados não estavam se sustentando, e a velocidade de vendas caiu. Os proprietários começam, portanto, a aceitar propostas e conceder descontos. Eu acredito que o valor dos imóveis vão sofrer um ajuste de 25% a 30% para baixo ao longo de 2012”, opinou Rubem Vasconcelos, presidente da imobiliária Patrimóvel, no mencionado artigo assinado pela jornalista Luciana Calaza.

    Senhores, isto foi apregoado pelo nosso Blog há mais de um ano e meio. O crescimento desordenado de valores, puxados por especulação e investimentos imobiliários por estrangeiros, desde 2008, com fuga de capital da Europa e EUA de sistemas financeiros colapsados em busca de retornos maiores e mais rápidos, gerou valores imobiliáios no Brasil superiores a Londres, Tókio, Nova York e Paris, mesmo com renda de brasileiro inferior à dos cidadãos desses países em até cinco vezes.

    Nós fomos precisos em informar uma desvalorização que ocorreira a partir do fim de 2011 até no máximo junho de 2013 em valores entre 30% e 40%. Fomos enfáticos em nossas publicações de que 2012 seria o ano de correção e, portanto, estouro da bolha. Que a bolha seria de preços e não de crédito. E afirmamos que quem tivesse comprado antes do ajuste veria o vizinho comprar um imóvel idêntico ao seu por valor bem menor.

    A publicação do Wall Street Journal, de 11/04/2012, informando que os imóveis no Brasil estavam supervalorizados em 50% e agora esta informação, vinda diretamente de uma grande imobiliária que só daria esta informação com a consolidação deste movimento de queda, coroam o trabalho de informação de alto nível que este Blog presta a você.

    Agora, é aguardar a confirmação final dos fatos, durante o transcorrer deste ano de 2012. O melhor período para compra de imóveis pode estar se aproximando. Este período iniciar-se-ia somente a partir do final deste ano e durante o primeiro semestre de 2013, durante o período final de desvalorização imobiliária, em uma análise preliminar. Primeiro temos de confirmar a generalização de queda de valores imobiliários, o que, se eu já achava certa, com a declaração do Presidente da Patrimóvel se demonstra aparentemente inexorável.

    Um abraço do seu amigo,

    Mário César Pacheco p.s.: texto revisto.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui