Absurdo: Senador Paulista agride a cidadania brasileira

    31
    0

    Senhores, no Jornal o Globo de domingo passado, dia 20/05/2012, na coluna “Panorama Político” do jornalista Ilmar Franco, foi publicado que o “senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), pretende dar direito a voto nas eleições municipais a todos os estrangeiros residentes no país, mesmo para aqueles que não tenham visto de permanência”.

    Gente, isso é o cúmulo do absurdo. Imaginem só se um projeto desses seria proposto nos EUA? E na Alemanha? E na França? Nem mesmo no país mais internacionalista do mundo, a Holanda, tenho conhecimento de que isso exista!! O senador justifica que se os portugueses podem participar de votações locais, o mesmo deveria se aplicar a lusófonos africanos e latino-americanos!! Uma coisa não justifica a outra, pelo amor de Deus! A única justificativa seria a existência de tratamento recíproco.. e olhe lá (dependendo de análise caso a caso)!

    O que se passa na cabeça de um inominável desses para franquear a decisão dos rumos do País (ou das cidaes do País) a estrangeiros residentes, sejam eles de que procedência sejam? É o cúmulo da imbecilidade e é a evidência do desprestígio com que este Senador trata a cidadania brasileira.

    Minha avó falecida há dois anos era portuguesa. Ela viveu uns 74 anos no Brasil, vindo para cá com 20 anos casada com meu avô paterno também português. Não posso assumir que todos os estrangeiros residentes são como meus avós. E mesmo que fossem, eles nunca se naturalizaram. Amavam o Brasil, mas nunca deixaram de ser portugueses.

    O direito a voto é o mais honrado direito de cidadania e pressupõe seu afeto incondicional ao país, seu comprometimento com os interesses nacionais, e é bônus ou um direito (mas também dever) em função de você por exemplo poder ser chamado a lutar pelo país em hipótese de guerra.

    Agora, como pode um Senador da República pretender dar o direito mais precioso do cidadão para alguém que não tem esse compromisso? E ainda, através deste ato, esbofeteia a cara de todo cidadão brasileiro que integra efetivamente a sociedade brasileira que tem esse bônus por ter os respectivos ônus e deveres com a Nação Brasileira, de por exemplo ir à guerra, o que seria inexigível de estrangeiro.

    Cria, ainda, risco à soberania pois fraqueia a estrangeiro o poder de votar, decidindo os rumos políticos do País!! Mesmo em nível municipal!

    A proposta deste Senador paulista do PSDB, Sr. Aloysio Nunes Ferreira, não pode ser visto como indulgência simples com portugueses residentes (situação especialíssima e com fundamento), desculpem-me. Ele vai muito além. Deve ser visto exatamente como é: sem exageros, deve ser, per si, entendido como crime de lesa-pátria, falta de decoro parlamentar (tratar direito político brasileiro como doce), e ser execrado e repudiado este ato no Congresso, no Senado e gerar medidas severas de punição partidária do PSDB e da Comissão de Ética do Congresso.

    A cidadania brasileira deveria ser mais valorizada pelos representantes do povo e não tratado como bala a ser distribuída a qualquer um que resolva morar por essas terras.. Isso é o cúmulo do absurdo!!!

    Veja o artigo em http://oglobo.globo.com/blogs/ilimar/posts/2012/05/20/a-coluna-panorama-politico-de-hoje-20-no-jornal-globo-445801.asp

    p.s.: texto revisto e ampliado.

    p.s. 2: Para vocês entenderemo perigo desta indulgência deste senador irresponsável, a Constituição da República garante direitos e garantias individuais indistintamente a brasileiros e estrangeiros. Direito a voto é direito político e não direito ou garantia individual, mas se for aprovada essa irresponsabilidade estrangeiros residentes de qualquer etnia ou origem poderão questionar a exclusão, o tratamento anti-isonômico com base na origem, etnia ou raça. E depois pode-se partir para questionar a limitação de esfera governamental: porque somente para eleições locais? Por que não regionais? A interpretação do STF será restritiva, creio, mas para quÊ criar o problema e o risco? A troco de quê? Nada? E a favor de quem? Países que não podem garantir mesmo nível de vida de brasileiros lá em relação à garantida a seus cidadãos no Brasil? A medida do Senador Aloysio é estapafúrdia, ridícula,sem sentido e só se justifica, a meu ver, caso tenha interesse em abrir a política e direitos políticos a estrangeiros, contra interesse nacional. É minha opinião.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui