Como acabar com a corrupção? É simples, mas ninguém diz…

    33
    0

    Pessoal, este é um tema importantíssimo. Todo mundo reclama da corrupção. Os jornais vivem bradando contra a corrupção, como o Senador Demóstenes sempre fez, mas o que realmente atacaria a corrupção?

    É simples de ser dito e temos dinheiro no Brasil para fazê-lo, mas você não verá isso escrito em lugar nenhum nem defendido por político nenhum porque só a mídia e os políticos não querem o fim da corrupção que os favorece.

    Só há um jeito de se combater a corrupção no curto prazo: investimento em infra-estrutura das Polícias Federais e Civis, contratação de mais policiais e com remuneração melhor. Da mesma forma precisaria aumentar número de Juízes e funcionários da Justiça ao mesmo nível do que existe na Europa. Hoje estamos defasados em quantidade de juízes e servidores públicos em mais de 300% em relação aos europeus. E da mesma forma deve se investir em infra-estrutura para o Ministério Público Estadual e Federal.

    É isso o que combate a corrupção. Não é só jornal, pois a condenação por um Juiz não pode ocorrer só porque foi publicado algo em jornal. A polícia precisa fazer provas contundentes para que o Promotor de Justiça inicie a ação criminal e para que o Juiz condene. A solução é esta e não existe outra.

    Mas a mídia diz que que isto seria aumento de gasto público e não investimento social. Assim, o político pode ficar falando genericamente contra a corrupção, mas apoiando a contenção de “gasto público”. A mídia pode ficar bradando contra a corrupção, sem acabar com ela e suas lucrativas manchetes sobre o tema, o qual, sem o direcionamento correto de solução como aqui proposto, torna o tema infindável para várias manchetes, por toda a vida do jornal. E você, a maior vítima da corrupção, fica atônito, frustrado com a política e o Judiciário e descrente de tudo, comprando jornal e torcendo para que alguma informação boa apareça sobre a solução que nunca será apontada pela mídia ou pelos políticos.

    A diferença entre a corrupção no Brasil e no estrangeiro são duas: (1)lá eles são mais eficientes e sutis, integrando o governo e os partidos de forma mais inteligente e tornando seus interesses política de Estado, principalmente nos EUA, como quando houve invasão do Iraque e o Vice-Presidente Dick Cheney foi um dos que mais lucrou com a atuação no Iraque de sua Empresa Hallyburton. Na Itália, Berlusconi chefiou o País por onze anos, na Rússia Putin nunca deixou o Poder de fato e no México,.. coitado desse País… generais, políticos e empresários estão mancumunados com as máfias e ele caminha para o caos social. E em segundo lugar, (2) na Europa e EUA há mais polícia técnica e juízes para julgar e condenar.

    A solução de longo prazo é educação. Mas isto também demanda aumento do Estado, mais escolas, mais professores e mais salário de professores… Isso é gasto ou é investimento? E mais. Mesmo com mais educação, sem polícia, produção eficiente de provas e Juízes para condenar, não há efetivo combate à corrupção.

    Qualquer outra coisa que digam para resolver a corrupção é pura historinha para boi dormir, senhores.

    É isso.

    p.s. de 24/05/2012 – texto revisto.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui