Erro de execução de obras no programa “Asfalto Liso”, publica o Globo

    50
    0

    Como apontado antes por nós, o programa “Asfalto Liso” parece ter gerado prejuízo ao cidadão carioca.

    A despeito da extensão de sua intervenção, praticamente todas as obras estão se desfazendo e os cidadãos têm de voltar a conviver com buracos e poeira ao longo de quase todos os trechos objeto de recapeamento sob responsabilidade do Programa Asfalto Liso da Preferitura do Rio de Janeiro.

    Nós já pedimos a CPI. As empresas têm de pagar por terem recebido os valores e executado mal suas obras. Tem que ser apurada responsabilidade de agentes da prefeitura, das empresas e das autoridades envolvidas na execução do Programa que já custou quase R$500 milhões de reais, ou seja, o mesmo preço da malfadada Cidada da Música, outro ícone do desperdício do dinheiro público.

    Acesse o artigo do Globo em http://oglobo.globo.com/rio/ruas-recentemente-asfaltadas-voltam-ter-fresagem-recapeamento-mesmo-apos-pintura-5088767

    E fique aqui com esse trecho selecionado do excelente artigo do Globo, intitulado ” Ruas recentemente asfaltadas voltam a ter fresagem e recapeamento, mesmo após pintura”, publicado no Globo On line de 31/05/2012.

    “Lançado em 2010 com a meta de deixar impecável, por R$ 476,3 milhões, a pavimentação de mais de 800km de 187 ruas até julho deste ano, o programa Asfalto Liso tem regredido em vários pontos: após o surgimento de buracos, ondulações, rachaduras e outros defeitos, dezenas de trechos estão passando novamente por fresagem e recapeamento, depois de prontos e até sinalizados. Um problema que, segundo especialistas, indica que houve falha na execução do serviço.”

    Como havíamos dito e já publicado artigo sobre o tema, repetimos: é necessária uma CPI do Programa “Asfalto Liso”.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui