A manipulação da expectativa de inflação e o questiomento do Boletim Focus

    51
    0

    Instrumentos de medição econômica são essenciais. Mas temos de entender que são falhos e, muito pior, muitas vezes são manipulados.

    Desde o início do Blog eu explico e enfatizo a técnica do mercado de expremer o governo para obter mais juros do governo, interpretando negativamente todos os dados econômiocos que estiverem a seu alcance e criar uma realidade fictícia que resulte em aumento de juros para contenção de “descontrole inflacionário” e embolsar mais lucros fáceis às custas do Governo, ou seja, do meu e do seu dinheiro.

    Pois bem. Esta é a primeira vez que vejo a confirmação do que sempre expliquei nas palavras da Miriam, nãoo com ênfase no dolo da manipulação da informação, como digo, mas na forma de tentaiva de correção de previsões que se mostraram erradas com o passar do tempo.

    Para que você veja que isso existe, apesar de eu já ter alertado e explicado mil vezes, vou transcrever o que a Míriam publicou em 16/11/2011 em seu blog para te dar uma impressão maior de concreção do fato da manipulação de dados econômicos, em especial sobre os erros e a forma de acertar isso notempo, em relação ao Boletim Focus:

    “No começo do ano, economistas de bancos e consultorias fazem previsões, depois, vão ajustando esses números para dizerem que acertaram. Começaram em 4,5%, 5%, e agora, caminham para 3%, segundo aquela pesquisa do BC com 100 instituições e consultorias do mercado financeiro (Focus).

    A notícia boa é que o Brasil tem conseguido manter o crescimento, enquanto outros países, como os da Europa, estão estagnados ou até em recessão. O Brasil está melhor do que eles. Também está melhor do que os EUA que, na melhor das hipóteses, crescerão 2%. Mas está crescendo menos do que outros países emergentes, como China e Índia.”

    Confirme o texto em http://oglobo.globo.com/economia/miriam/posts/2011/11/16/brasil-crescera-em-ritmo-menor-que-dos-emergentes-416904.asp

    Quero dizer que gosto da Miriam Leitão. Acho que ela é profissional e bem intencionada. Mas durante muito tempo ela ouviu quase exclusivamente pessoas de mercado financeiro sobre análises econômicas e macroeconômicas, quando estes têm evidente interesse em manipular perspectivas de forma a se beneficiarem com lucros e oportunidades de retorno financeiro mais fáceis.

    É importante ouvir analistas de mercado, banqueiros, monetaristas e financistas, mas é muito importante, para quem se propõe a informar neutramente sobre economia ou com mais qualidade, ouvir e ponderar os argumentos dos desenvolvimentistas. No mínimo garante-se a dialética nessa discussão de rumos e causas e efeitos econômicos e se acrescenta a discussão para se aproximar da verdade.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui