A concorrência dos bancos públicos baixou de 5 a 10 vezes mais o juros bancário do que as baixas da Selic

    30
    0

    Leiam o excelente artigo de hoje sobre as quedas que o banco Itaú e o Bradesco estão procedendo em seus juros. São quedas que sem as medidas do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal talvez demorassem a ocorrer num prazo de cinco a dez anos!! E se tudo fosse bem!!

    Acesse o artigo do Jornal O Globo On Line em http://oglobo.globo.com/economia/juros-menores-nao-serao-acessiveis-todos-dizem-analistas-4676788

    Enquanto as baixas da Selic e desonerações tributárias procedidas pelo governo geravam quedas de juros (assim alardeadas pela mídia) de 0,01 a 0,05 ponto percentual a cada vez, a baixa de juros na ponta do consumo pelos dois principais bancos públicos de varejo do país levaram imediatamente, num prazo de uma semana, a quedas entre 0,5 ponto percentual a 10 pontos percentuais!!!

    Cartão de crédito dos bancos privados que cobravam até 14% ao mês podem cobrar até 3,5% ao mês. E veja este trecho sobre o bradesco:

    “A taxa do crédito pessoal cai de 2,66% para um patamar a partir de 1,97% ao mês. Na linha de CDC bens, a taxa foi reduzida de 3,54% para a partir de 2,97% ao mês. Nos financiamento de veículos, a taxa que era de 1,35% passa para o patamar inicial de 0,97% ao mês. Já nas operações de crédito consignado ao aposentado do INSS, o Bradesco reduziu a taxa de 1,32% para a partir de 0,90% ao mês.” (artigo do Globo on Line de 18/04/2012 suso indicado)

    O que eu tinha dito? E vi artigos ponderando sobre o fato de que os bancos públicos não poderiam sustentar isso… em uma semana os bancos privados fizeram igual!!!

    Os bancos podem fazer isso pois o spread é absurdo como já foi objeto de publicações inclusive no Globo. Mantega entregou a brincadeira com o cidadão: bancos pegam valores a 9,75% ao ano e cobram 30%, 40% e 50%, fora cartão de crédito que chegava a 121% ao ano!!

    Hoje, além de poderem baixar spread simplesmente porque era alto, ainda há o fato de nossos bancos estarem captando empréstimos no exterior a prazos loongos e a taxas baixíssimas, seguindo os juros pagos em captação pelo Governo Brasileiro que já chegou a 4,31% ao ano pelo prazo de 30 anos. Faça a conta. É brincadeira.

    O governo implementa um dos pilares de medidas que o Blog considera efetiva para baixa de spread: concorrência via baixa de juros de bancos públicos. A outra ponta é pagamento e diminuição de dívida interna nominal, mas sem massacrar a economia, claro… e viabilizando o crescimento do serviço público, mais claro ainda. Sim, não é simples.. mas muito menos é impossível… como até estamos podendo verificar.

    Seguimos acompanhando e apontando as mentiras de mercado para você.

    p.s.: veja nossa análise em fevereiro de 2012 sobre como abaixar juros bancários em http://perspectivakritica.blogspot.com.br/2012/02/como-se-baixar-juros-bancarios-no.html

    p.s. de 19/04/2012 – texto revisto e ampliado.

    p.s. 2 – O título indica queda de 5 a 10 vezes maior, mas se você for ver, chega a ser 50 vezes maior!! Afinal, a diferença de uma queda de 0,01 ponto percentual para 0,5 ponto percentual é de 50 vezes!!

    p.s. de 20/04/2012 – acesse ainda http://www.jcom.com.br/noticia/140196/Bradesco_anuncia_reducao_de_taxas_de_juros e http://www.jcom.com.br/noticia/140198/Itau_anuncia_reducao_de_juros

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui