Início Editorial O que fazer contra o Corona Vírus Covid-19? Medidas do Perspectiva...

O que fazer contra o Corona Vírus Covid-19? Medidas do Perspectiva Crítica.

101
2

Como há muita dúvida e conflito de informação sobre como proceder durante este período de ameaça de qualquer um contrair Corona Vírus. Compartilhamos e expomos o que entendemos importante para nossos leitores se conduzirem durante esse período, de forma a garantir suas necessidades e sua saúde, sem expor amigos, parentes e todos nossos concidadãos desnecessariamente.

Inicialmente, informamos que o ideal seria que, diante de suspeita de infecção por Corona Vírus Covid-19 você se isolasse em casa voluntariamente, ligasse para seu médico, o qual obteria uma equipe de saúde do Município por mero pedido e comunicado do médico. Essa equipe iria à sua casa e faria o teste e você seria tratado. Isso não é utópico. Aconteceu no Rio Grande do Sul (acesse o melhor informativo simples que vimos em https://gauchazh.clicrbs.com.br/saude/noticia/2020/03/o-que-fazer-se-voce-tiver-sintomas-de-coronavirus-ck7nvr63r03n801pq05fuvkf5.html). Mas caso isso não ocorra para você e 99,9% dos brasileiros, e de forma mais geral, teceremos algumas considerações úteis. 

Pelo que lemos até o momento, bem como nos chegou por vídeos e áudios, inclusive de médicos proeminentes de grandes hospitais brasileiros (áudios de circulação livre na rede whatsapp do Dr. Fábio Biscegli Jatene, Prof. Titular de Cirurgia Torácica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e Dr. Marcos Knobel, vice-presidente do Hospital Albert Einstein – acesse https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/03/12/audios-de-medicos-renomados-viralizam-com-informacoes-divergentes-sobre-o-coronavirus.ghtml), aqui vão algumas informações:

1 – O Corona Vírus Covid -19 ainda não tem origem certa, mas até o momento há suspeita de que deriva de animais com os quais o homem teve contato. Segundo um artigo de microbiologia da UFRJ, aparentemente a molécula do vírus é semelhante ao de cobra ( http://www.microbiologia.ufrj.br/portal/index.php/pt/destaques/novidades-sobre-a-micro/867-efeitos-do-coronavirus-podem-ser-diversos-em-contato-com-animais-diferentes) e a doença pode ter vindo de contato de chineses com cobras, apesar de a tese mais comentada ser a da suspeita de que a doença se originaria de morcegos. É mais um caso de origem com contato animal, como a SARS tem origem em civetas (https://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u9173.shtml), a gripe aviária deriva de frangos, o H1N1 tem origem em porcos e a peste bubônica medieval teria se originado de ratos e transmitidos a humanos por suas pulgas;

2 – Sua transmissão é muito fácil. Segundo a Secretaria de Saúde do Ceará que fez uma página sobre o Covid-19, ” a transmissão pode ocorrer de forma continuada, ou seja, um infectado pelo vírus pode passá-lo para alguém que ainda não foi infectado. A transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo (como toque ou aperto de mão com a pessoa infectada) ou contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos” (https://www.saude.ce.gov.br/coronavirus-covid-19/). ;

3 – O Covid-19 pode durar até 9 horas no ar ou sobre objeto, mas poderia ficar por vários dias (https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/02/27/quanto-tempo-o-novo-coronavirus-vive-em-uma-superficie-ou-no-ar.ghtml). Mas o contato com álcool 70º desnatura o vírus, assim como bactérias e fungos, segundo o presidente do Conselho Federal de Química, José de Ribamar Oliveira Filho, em artigo publicado pela Agência Brasil. Ele comenta “Para este propósito (desinfetar objetos e superfícies e assepcia de pele), o grau alcoólico recomendado é 70%, condição que propicia a desnaturação de proteínas e de estruturas lipídicas da membrana celular, e a consequente destruição do microrganismo” (https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-02/alcool-gel-e-eficaz-na-prevencao-ao-coronavirus-afirma-conselho). O artigo cita ainda que “Segundo a entidade, o etanol age rapidamente sobre bactérias vegetativas (inclusive microbactérias), vírus e fungos, sendo a higienização equivalente e até superior à lavagem de mãos com sabão comum ou alguns tipos de antissépticos.”;

4 – O Covid-19 tem período de incubação de 14 dias e há pessoas assintomáticas que podem passar o vírus sem sofrer qualquer sintoma (https://saude.abril.com.br/medicina/quem-deve-ficar-isolado-por-causa-do-novo-coronavirus/). Com base nisso percebe-se porque pessoas que tiveram mero contato com um infectado mas não têm sintomas devem ficar sob quarentena de 14 dias também, perceba;

5 – O período de maior infestação no Brasil é esperado para as próximas três semanas, ou seja, até 05/04/2020. Esperam-se 45 mil infectados em São Paulo nos próximos dias. A letalidade é de 3% em média (mesmo índice da gripe espanhola), portanto, 1.500 podem falecer só aí. Mas a letalidade é maior entre idoso (15%), sendo de até 0,2% para jovens. Os médicos esperam que tudo tenha terminado em junho de 2020;

Agora as medidas que devemos tomar diante desses fatos e segundo as autoridades, nas palavras do Perspectiva Crítica:

1 – A atenção maior deve ser com idosos. Evitem aglomerações durante o período de um mês pelo menos. Vão a supermercados em horários alternativos. Programem-se para realizar tarefas domésticas e de trabalho evitando aglomerações;

2 – Antecipar compras de quê? O mundo não acabará se não houver pânico. Mesmo com pânico, ele não acabará, mas os próximos 3 meses seriam mais desorganizados e com o sistema normal de distribuição de comida, remédios e serviços desorganizado. Isso não é de interesse de ninguém. Então: SEM PÂNICO. Compre o que seja necessário de higiene e comida para um mês, 50 dias, somente para que não seja necessário ir mais vezes em locais aglomerados pelo período de maior contágio, que serão as próximas três semanas a um mês. Se todos forem normais ou a maioria, nada vai acabar. Nossa indústria é pujante e produzimos tudo de que precisamos no Brasil. Fique tranquilo. Se acabar algo, como álcool gel, o estoque se normalizará em dias. Não compre tudo o que vê porque acha que está acabando;

3 – A indicação mais importante é lavar a mão bem com sabão e, se possível com álcool gel 70º. Quando? Após usar transporte público. Antes e depois de almoçar ou jantar ou fazer refeição. Assim que chegar em casa da rua. Assim que chegar ao trabalho. Depois de almoçar na rua e após sair do trabalho. Evitar tocar nariz, olhos e boca. Evitar apertos de mão, abraços e beijos, comuns a nós entre amigos e colegas de trabalho (Esse é difícil..rsrsr). Isso ajudará a diminuir o contágio para você e para todos;

4 – IDOSOS DEVEM EVITAR ACADEMIAS E AMBIENTES AGLOMERADOS, COMO SHOPPINGS E SUPERMERCADOS. Dê preferência a lugares abertos e bem ventilados. Restaurantes e lugares muito fechados devem ser evitados nesse período de aumento de contágio, até meados de abril ao menos;

5 – Se ficar com algum sintoma de gripe? O que fazer? Sem pânico! Dor de cabeça? Dor de garanta? Primeiramente, não vá a um estabelecimento público de saúde. Se todos com coriza e dor de cabeça forem aos hospitais, o sistema não aguenta. Não só isso. Se você não estiver com Corona Vírus, mas uma simples gripe ou resfriado, pode pegar Corona Vírus no Hospital a que você foi. Se você trabalha, ligue para o trabalho para combinar como comprovar o afastamento. Se tiver de ver um médico particular ou no trabalho, vá usando máscara para diminuir a possibilidade de contágio do próximo. Deixe para ir ao hospital somente se sentir alteração respiratória. Esse é o importante e repetiremos abaixo;

6 – Quando ir ao hospital ou posto de saúde? IMPORTANTE: A DOR DE CABEÇA E DOR DE GARGANTA ALIADOS A ALTERAÇÃO RESPIRATÓRIA OU DIFICULDADE RESPIRATÓRIA TORNA URGENTE SUA IDA AO HOSPITAL PARA AVALIAÇÃO DE CORONA VÍRUS COVID-19. O ataque do vírus é ao sistema respiratório, como o SARS já fez. É esse o importante da questão. Alterou a respiração, vá imediatamente ao hospital público ou privado, de máscara e avise o que sente. Todos os hospitais já sabem o que fazer e têm locais para você ser tratado adequadamente em isolamento de todos os demais pacientes.

Então, senhores e senhoras, isso é o que sublinhamos. Seguindo essas recomendações e mais as que vierem dos meios de comunicação de massa, do governo, estaremos fazendo o melhor por nós e pelos nosso familiares e amigos, nos protegendo e protegendo a todos em sociedade.

Esperamos ter trazido muita informação útil. Não pense só em si, pense nos outros. Não deixe de ir no hospital, mas só vá em caso de sensação de alteração respiratória. Não vá na primeira coriza, espirro, tosse, dor de cabeça e dor de garganta. E fale com algum médico, amigo ou profissional sempre, por telefone principalmente, se for o caso de ter dúvidas, antes de ir ao hospital. No hospital você pode ser infectado, caso não esteja com Corona Vírus Covid-19. O risco também é seu em ir cedo ao posto de saúde ou ao hospital público ou privado. Aguente um pouco. Se todos forem somente quando houver a alteração respiratória, bem no início da alteração respiratória, qualquer que seja (dificuldade de respirar, dor ao respirar fundo, diminuição da capacidade respiratória..), os sistemas de saúde públicos e privados conseguirão cuidar de todos por esses dois a três meses que se apresentam.

Boa conduta, leitor e leitora. Que passemos da melhor maneira possível e com o menor número de infectados  e de óbitos do planeta. Evite aglomerações. Programe suas compras. Evite ambientes fechados. Se suspeita de gripe ou doença, ligue para o trabalho e combine como se licenciar. Evite ir ao posto médico ou hospital para não pegar vírus  Covid-19 ou não o espalhar, bem como para dar tempo de o sistema atender aos que estão realmente com Corona Virus Covid-19. Se doente, saia de casa com máscara para atendimento. Vá ao hospital ou posto de saúde assim que sentir alteração na respiração. Após, se puder voltar para casa ( o médico é quem dirá), fique em casa em quarentena voluntária, seguindo as indicações médicas. Cuide dos idosos. Eles estão sob mais risco.

Boa sorte a todos nós. 

Grande abraço do Perspectiva Crítica 

Grande abraço do editor Mário César Pacheco

P.s. de 13/03/2020 – texto revisado e ampliado. 

P.s.2 de 13/03/2020 – Acesse o ‘Plano de Resposta de Emergência ao Coronavíruis no Estado do Rio de Janeiro” em https://www.saude.rj.gov.br/comum/code/MostrarArquivo.php?C=Mjk1OTg%2C

P.s. de 24/03/2020 – com a evolução dos fatos, reforçamos o mantra social atual: Não saia de casa. Não encontre amigos. Evite aglomerações. Saia de casa somente para obter comida, fármacos e atendimento médico. Infelizmente, nem mesmo lazer em ambientes muito abertos é indicado. Fora de casa, use máscara, se possível. Use álcool gel 70º após tocar superfícies e antes de entrar em seu carro. Use álcool gel depois de sair do táxi. Chegou em casa? Use álcool antes de entrar ou lave bem as mãos. Infectologistas pedem para que tenhamos uma roupa de sair de casa. Ao chegar, retire-a e ponha-a no tanque ou máquina para lavar. Não trnaiste pela casa ou sente em algum lugar com a roupa que você chegou em casa.São novas rotinas por pouco tempo. Mais dois meses? Vamos acompanhar. Fora de casa mantenha a distância de dois metros de outro ser humano. Mas as duas coisas mais importantes são: lave as mãos e fique em casa. Abs  

2 COMENTÁRIOS

    • Exato. Grande erro, omissão e falha do governo.. a entrada do vírus é via aeroporto e portos vindos da Europa e Ásia, no início.. depois, vindos dos EUA… não ter autuado ali foi grande erro. Agora há que se procurar os já infectados, que neste momento já passaram a ser infectados comunitários (sem origem verificável).. grande erro. Bem colocado, amigo. A quarentena das pessoas vindas de viagens seria mais fácil. Mas o governo se atrasou. Agora é isso que temos… isolamento em casa é essencial para impedir ou atrasar a disseminação do vírus. Boa estada para você e todos os leitores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui