Início Colunas CEDAE-RJ: chantagem ou sabotagem para privatização?

CEDAE-RJ: chantagem ou sabotagem para privatização?

226
2
A Cedae lucrou 789 milhões de reais em 2017. Pressionada a lucrar mais, diante da fragilidade do orçamento do Estado que estava sendo assaltado pelo Cabral & Cia, em 2018 ela lucrou 1,6 bilhão de reais. 
Observe-se que pouco tinha dado problema com a distribuição de água limpa à  sua rede até então.
De lá  pra cá  pressionam pela privatização e surge agora esse problema com os serviços da Cedae. ” Por acaso”, este problema tende a fazer você  achar que a empresa é  ruim e que deve ser privatizada… e outra “coincidência”: esse problema baixaria o preço  da empresa se fosse vendida! Que coisa…
Agora, em tempos esquisitos, em que o Witzel manda o Pastor Everaldo cuidar da Cedae e seus indicados mandam embora técnicos competentes  e com mais de 30 anos de casa, e dá  esse problema aí, vejamos algo publicado no UOL Economia que meu amigo Fábio Parada me repassou há  alguns meses: 884 privatizações  que deram errado!!!!!
Boa leitura
Lembre-se: Os altos técnicos de altíssima competência que tiveram de ser afastados para a má operação da CEDAE iniciar só puderam ser demitidos porque o regime de contratação da CEDAE, apesar de concurso público, é celetista. Se esses funcionários gabaritados, muitos com mestrado e doutorado, fosse estatutários com estabilidade, a CEDAE nunca teria passado pelo problema que passou agora, ou seria muito mais difícil.
Fica aí a verdade que a Globo não publica. Perdemos bons empregados da CEDAE, tivemos queda de qualidade de prestação de serviço público de oferta e tratamento de água em seguida, e agora o preço da empresa cai para que seja vendida a preço de banana em uma privatização. Só prejuízo. 
A ver se toda essa manobra de má-fé se concretiza a prejuízo da sociedade com a perda de uma estatal lucrativa, a preço de banana, para obter a mesma prestação de serviço que existia antes da piora do serviço pela demissão de funcionários especializados e competentes pelo representante do governo do Estado.
Importante colocar a você que a falta de expansão do serviço de tratamento de água e esgoto somente existe por determinação política do Governo do Estado. 
Todo o lucro da CEDAE poderia ser revertido na expansão do sistema. Não foi por decisão dos governadores do Estado do Rio de Janeiro. Não será a privatização da CEDAE que expandirá o sistema, assim como a privatização do metrô não expandiu o  sistema a custo da operadora privada, hoje concessionária.
A expansão do sistema de água e esgoto depende de previsão no edital de privatização ou concessão ou, o que é mais fácil, determinação imediata do governador do Estado para que o lucro da CEDAE se reverta nisso. Caso contrário, vende-se a empresa, entrega-se o lucro bilionário para a área privada que não investiu um centavo na CEDAE, e ainda fica para o Estado expandir o sistema, tirando dinheiro do meu e do seu imposto!!!!
É isso o que se avizinha!!! Denunciamos, como sempre o engôdo da população. 

2 COMENTÁRIOS

  1. E como uma porcentagem da receita do Estado vai para a educação e pra saúde pública, com a privatização, o Estado arrecadará em curto prazo uma boa quantidade, mas deixará de arrecadar a médio e longo prazo, e consequentemente diminuirá a quantia que vai pra saúde e educação pública. Lembro ainda as palavras do Papa Francisco: "… um bem essencial a nossa vida, como a água, não deveria entrar na lógica do mercado ".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui