Concurso Público para professor no Município do Rio de Janeiro: salário de R$4.000,00

    63
    0

    Pessoal, deparei-me com a seguinte informação no Jornal O Globo On Line de hoje, 29/10/2012:

    “SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO/RJ – A Secretaria Municipal de Educação do Rio divulgou os editais dos concursos para professores de português e história. São oferecidas 200 vagas, sendo 100 para cada uma das disciplinas. Serão reservadas 20% das vagas para negros e índios (40 vagas), conforme a lei de cotas sancionada pelo prefeito Eduardo Paes este ano, além de 20 para portadores de deficiência. As inscrições podem ser feitas a partir de amanhã, dia 30, até 12 de novembro, pelo site da Prefeitura do Rio. A taxa de inscrição é de R$ 70. Para concorrer, é necessário ter licenciatura plena específica na área. A remuneração inicial é de R$ 4.097,05, sendo salário-base de R$ 3.597,34, mais R$ 121 de auxílio-transporte, R$ 114,71 de bônus-cultura e R$ 264 de benefício-alimentação. Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetiva, discursiva,de caráter eliminatprio e classificatório, além de análise de títulos, apenas classificatória.”

    O artigo completo está acessível em http://oglobo.globo.com/emprego/calendario-com-25-concursos-preve-abertura-de-6900-vagas-6572652

    Parabenizo a Prefeitura por oferecer salário inicial mínimo compatível com a atividade de professor, seguindo o entendimento deste Blog. Até hoje eu sabia que o melhor salário de professor era o de Duque de Caxias no valor de R$1.800,00.

    Somente parabenizo a Prefeitura se o valor for para contratação de professor na qualidade de servidor público, o que demonstrará compromisso com a perenidade e qualidade de prestação de serviço públio de educação no tempo. Infelizmente, como todos que acompanham o Blog sabem, a opção do atual prefeito, Eduardo Paes, seja em Saúde Pública seja em Educação, vem sendo ocupar o espaço de cargos de professores, que não são preenchidos em função da histórica baixa remuneração, falta de inventivos e falta de perspectivas de carreira, através de contratação de serviços de educação e saúde prestados por Organizações Sociais e ONGs, o que gera aumento de valores pagos a particulares, desestímulo à carreira pública, diminuição de fiscalaizção pelo TCE e Ministério Público das verbas pagas a estas entidades, descumnprimento de teto constitucional para o salário desses contratados privados e risco de locupletamento do dinheiro público e desvio de vaerbas para financiamento de campanhas eleitorias de políticos que apóiam a terceirização e privatização da Educação e Saúde Públicas.

    Mas, pelo anúncio, aparenta que os cargos oferecidos são de professores públicos, ou seja, para preenchimento de cargos públicos de professores. Se a remuneração de R$4.000,00 é para cargos efetivos de professores públicos, a PRefeitura tem nossos aplausos.

    p.s. de 15/08/2014 – Leia também http://www.perspectivacritica.com.br/2013/09/eduardo-paes-e-sergio-cabral-negam.html

    p.s. 2 de 15/08/2014 – Não temos aqui a informação do plano de carreira que foi definitivamente arpovado para o Município do RJ. Parece que o plano finalmente aprovado garantiria uma remuneração que se aproximaria de 6 mil no início de carreira, a qual finalizaria com pouco mais de R$9mil. Sobre a proposta do plano de carreira paresentado pelo Município e que estava sendo rechaçado pelos prefessores do RJ em 2013, antes da aprovação do texto final, acesse http://capitalismoemdesencanto.wordpress.com/2013/10/12/entendendo-o-plano-de-carreira-proposto-pela-prefeitura-do-rio-de-janeiro/

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui