Operação Zelotes, MP 471, 36 milhões, Lula e seu filho – o Fim do PT?

    48
    0

    Senhores e senhoras, gravíssima a informação que vou publicar: a Polícia Federal, durante investigações da Operação Zelotes, que desbarata a corrupção no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), esbarrou com um email que terminou por se transformar no indício de que a expedição da MP 471, durante o governo Lula, no ano de 2009, se deu mediante pagamento de 36 milhões de reais por montadoras de carro a um consórcio de advogados, tendo sido mencionado que parte de tais valores teriam chegado ao filho de Lula. Isto foi publicado ontem, 1º/10/2015, no Jornal da Band, entre 19:30h e 20:00h.

    Antes de publicar isto neste Blog, aguardamos a publicação em outros jornais televisivos e escritos, mas nada foi publicado até agora, ao menos no que pudemos ver no Jornal Nacional de 1º/10/2015, às 20:30h, no jornal televisivo Bom Dia Brasil, às 07:00h, na Globo News, às 07:00h, e nem no jornal escrito O Globo, edição de 02/10/2015. Nada foi publicado sobre este mesmo fato em nenhum desses jornais. Entretanto a notícia foi tão grave que estamos publicando aqui, sob a condição de matéria ainda não totalmente publicada em sociedade e portanto não confirmadade suficientemente por este Blog. Vamos analisar rapidamente este fato ainda nõa devidamente publicado à sociedade e ainda não confirmado suficientemente para adquirir a condição de fato incontroverso. Estamos deixando clara esta condição porque a notícia é muito grave e convém responsabilidade e respeito ao princípio de presunção de inocência dos envolvidos.

    A MP 471 estendia isenção fiscal a montadoras de carros, em 2009, com o objetivo de manter uma das medidas anticíclicas do governo Lula para combater o risco de crise no Brasil que era criado pela crise financeira internacional eclodida em 2008. Segundo o Jornal da Band de 1º/10/2015, durante a investigação da Operação Zelotes, em computadores apreendidos na casa de um investigado, a Polícia Federal esbarrou com uma mensagem de email em que eram cobrados U$1,5 milhão referente à negociação do pagamento de 36 milhões de reais pela expedição de tal Medida Provisória.

    Segundo a reportagem, duas montadoras de automóveis, cujo nome não publicaremos ainda, pagaram R$36 milhões pela expedição de tal medida provisória que garantia isenção às montadoras no valor de R$1 bilhão. O valor teria chegado, segundo a reportagem, ao filho de Lula e a um consórcio de advogados ligados aos negociadores que obteriam a expedição da MP 471. Esta declaração era a única que não era acompanhada de demonstração de documentos, o que pode ser indício de mera informação sem base fática.

    O que reforça a idéia de que tudo isso pode ser verdade é o recente pedido da Polícia Federal ao Supremo Tribunal Federal para poder intimar o ex-Presidente Lula a depor em investigações, fato já muito publicado no próprio Jornal O Globo. Ninguém sabe ainda o que está sendo investigado que precisa de depoimento do ex-presidente Lula. Pode ter conexão com esta informação publicada ontem pelo Jornal da Band. Não podemos ainda confirmar.

    Se isso for real, se houve esta compra de expedição da MP 471, durante o governo Lula e se tais valores chegaram em conta de seu filho, a situação do PT fica muito grave pois seria uma prova de uma Norma Primária, uma Medida Provisória diretamente comprada por empresas do governo Lula. E eventual comprovação de que tais valores chegaram ao filho do Lula, declaração que não foi acompanhada de prova escrita na matéria da reportagem, como ocorreu com o email mencionado, começa a aparentar o envolvimento direto de Lula e talvez por isso e para esclarecer esses fatos é que a Polícia Federal tenha pedido autorização ao STF para pedir depoimento de Lula; pedido, aliás, que foi aceito e autorizado pelo STF. Estamos somente pasmos de que nada mais foi publicado até o momento. Se a imagem ainda positiva de Lula para o povo brasileiro for desconstituída, o PT pode estar ferido de morte nacionalmente.

    Tudo o que foi publicado até agora, inclusive sobre tráfico de influência internacional para Odebrecht e tal, não foi acompanhado de fatos publicados que, segundo nossa leitura, incriminassem Lula. O Presidente da República tem sim que fazer propaganda de empresa brasileira no exterior, como Bush fez pela venda de F-16 ao Brasil, como Clinton fez pela Raytheon para o Sivam no Brasil, como o presidente francês fez pelo Rafale na licitação do Programa FX2 de renovação de caças da Aeronáutica. O que não pode é, por conta disso, as empresas beneficiadas pelo “lobby” da Presidência da República gerar algum benefício em obras de imóveis do Presidente da República ou depósitos em dinheiro para o mesmo, políticos envolvidos e, inclusive, o filho do Presidente.

    Nada está provado ainda. Mas começam a aparecer elementos com indícios aparentes de coesão sobre malfeitos no Governo Lula. Este Blog mesmo já defendeu várias vezes os ataques sem provas a Lula e ao PT pela mídia conservadora, mas a notícia publicada ontem no Jornal da Band, aliado ao fato de vários políticos do PT terem sido beneficiados com uma obra em imóvel que estava com problemas de término de construção, em que vários políticos do PT tinham propriedade, aliado ao pedido de autorização de depoimento de Lula, pagamento de 36 milhões de reais para expedição de MP 471… ficamos preocupados com estes fatos e reconhecemos que se a Polícia Federal conseguir alinhar todos estes fatos a imagem do PT, já no fim do poço, pode afundar de vez, no caso de a imagem de Lula, como não envolvido em todo o elameamento do seu partido, for realmente atingida.

    Esperamos que a Polícia Federal, que já tanto fez pelo País e contra a corrupção, termine logo essas investigações e que tais conclusões sejam logo publicadas à sociedade para que estes fatos sejam elucidados a bem ou mal de Lula, mas a bem da Justiça. Sinceramente esperamos que Lula seja inocente, porque a população brasileira não merece mais essa decepção, mas se não for, que seja punido como qualquer um em nossa sociedade, pois assim é a democracia. Se for inocente, entretanto, desejamos que haja tanta publicação sobre o fato como há para o denegrir, porque isto também seria justo.

    Mas uma coisa é certa: acabada a imagem de Lula, acabará o PT em nível nacional.

    p.s. de 02/10/2015 – Notícia confirmada em publicação ontem do Estadão. Acesse: http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,documentos-apontam-que-mp-editada-na-gestao-lula-foi-comprada-por-lobby,1772249

    p.s. de 05/10/2015 – Notícia confirmada também no Jornal O Globo de 02/10/2015, na página 08. Este artigo do Blog foi escrito antes da leitura completa do Jornal, tendo sido somente verificado a Manchete e uma passada geral pelas páginas, não tendo sido notado o artigo no fim da página 08, intitulado “Oposição pede investigação sobre MP”, em função da pressa em publicar logo a notícia.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui