FHC x Lula: corrupção, compra de votos e abordagem da mídia

    55
    0

    Pessoal, lendo no Blog do Moreno um artigo de hoje 10/12/2012 sobre a meta da Dilma para construção de 3,4 milhões de casas populares até 2014, me deparei com um comentário que nada tinha a ver com o artigo, assim como todos os comentários do artigo, mas eu achei interessante, objetivo e real.

    Apesar do tema do artigo ser outro, os comentários passaram a falar de malversação de dinheiro público, mensalão e coisas do gênero; foi quando  um comentarista/leitor teceu o paralelo entre FHC, LULA e a diferença de liberadde investigativa e abordagem da mídia a fatos que ele considerava assemelhados em corrupção e compra de voto nos dois governos mas com abordagens distintas da mídia convencional. Não discordei da abordagem, portanto, achei interessante trazer para vocês.

    Assim, trasncrevo as palavras de Danilo Urbano a seguir:

    ” O procurador envagetador de FHC

    Mais de 4 mil processos ficaram parados no gabinete do procurador-geral Brindeiro, durante os oito anos do (des)governo FHC:

    Privatizações, Proer, Sivam, ….

    Nada, nenhum escândalo do governo FHC foi investigado. Nenhum.

    O pior: após seu governo, FHC passou a ser tratado pela velha imprensa com condescendência.

    Nenhum jornalista lhe faz perguntas sobre a impunidade em seus oito anos de governo.

    FHC nunca foi confrontado com a compra de votos à sua reeleição, engavetada por seu procurador-geral.

    FHC, como Lula, disse que “não sabia” da compra de votos para a reeleição.

    Alguém questionou FHC ?

    O Ministro Gilberto Carvalho colocou o dedo na ferida:

    “Todos os órgãos de vigilância e fiscalização têm liberdade para investigar hoje.

    Nos governos FHC não havia autonomia”.

    É verdade.

    Nenhum jornalista foi capaz de refrescar FHC, suas lembranças seletivas, seu “engavetador-geral” e a compra de votos à sua reeleição.”

    Ficou interessante. Para mim, esse debate já está um pouco ultrapassado, pois já falamos sobre isso muitas vezes, o que não significa justificar os erros ou compactuar com os erros de um grupo de petistas. Mas que o Danilo tem muita razão, amigos, isso tem.

    Abs ao Danilo, seja ele quem for. Este tipo de resgate de memória e crítica sobre os fatos levam o País a frente.

    Acesse o artigo do Blog do Moreno e procure o comentário original (datado de 10/12/2012 às 11:25) de Danilo Ester Urbano em

    http://oglobo.globo.com/pais/moreno/posts/2012/12/10/dilma-meta-do-governo-contratar-3-4-milhoes-de-moradias-ate-2014-478370.asp

    p.s. de 13/12/2012 – texto revisto.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui