Excelente notícia: O Sisu funciona, segundo Blogger cujo Blog é acessível pelo site do Jornal O Globo!!

    31
    0

     Senhores, como é raro um elogio à gestão pública, faço questão de reproduzir integralmente um artigo que elogia o Sisu, escrito por Demétrio Weber, para que você veja que é possível haver gestão pública competente, além das que já enunciamos várias vezes como já existentes e não reconhecidas (tais como Banco do Brasil, Petrobrás, Finep, BNE, CEF, BNDES, Embrapa, Fiocruz, Receita Federal, Justiça Eleitoral etc.. etc..).

    Vejam:

    Sisu, uma boa ideia que saiu do papel
    Quem pensa que o dinheiro dos impostos vai sempre pelo ralo e que Brasília só produz más notícias deveria entrar no site do Sistema de Seleção Unificada, o Sisu.

    O endereço é sisu.mec.gov.br.

    O site permite que qualquer pessoa que tenha feito o último Enem dispute, pela internet, uma das 171.401 vagas em cursos de graduação oferecidas por 115 instituições públicas de ensino superior.
    Mesmo quem não fez o Enem e, portanto, não tem a senha de acesso, pode navegar à vontade e verificar quais são os 4.723 cursos disponíveis.

    É possível pesquisar por município, vendo quais são os cursos oferecidos em cada uma das 453 cidades com faculdades disponíveis no Sisu deste ano.

    Ou simplesmente digitar o tipo de curso desejado e verificar todas as opções no país. No caso da medicina, por exemplo, há 53 faculdades com vagas ofertadas.

    A senha serve para que o candidato faça a inscrição.

    O critério de seleção é a nota do Enem.

    Tão logo o candidato acessa a página, o sistema já carrega a nota e vai além: informa a nota de corte do respectivo curso, com base nas inscrições realizadas até a véspera.

    Até a 0h de hoje, a nota mínima para conseguir vaga no curso de medicina da UFRJ, na Cidade Universitária, era de 823,40.

    O Sisu permite também que os candidatos alterem a escolha que fizeram. Assim, até o encerramento do prazo de inscrição, na próxima sexta-feira, às 23h59, é possível mudar de curso ou mesmo de instituição.

    Em sua quinta edição, o Sisu começa a deixar para trás as falhas que marcaram os primeiros anos do Enem e do sistema. Isso graças a melhorias de gestão e avanços tecnológicos.

    Na madrugada de segunda-feira, tão logo as inscrições foram abertas, a partir da 0h, 50 mil internautas estavam conectados. A primeira hora terminou já com 130 mil inscritos.

    Na primeira edição do Sisu, em 2010, 51 instituições utilizaram o sistema para selecionar candidatos. Em 2014, o crescimento é de 125%.

    O Sisu caminha para substituir vestibulares em todo o país.

    Quem acessa o sistema sai com a certeza de que boa gestão pública, tecnologia e capacidade de aprender com os erros podem produzir resultados surpreendentes.”

    Acesse a íntegra em http://oglobo.globo.com/blogs/educacao/posts/2014/01/08/sisu-uma-boa-ideia-que-saiu-do-papel-520235.asp

    Parece até que não seria jornalista, mas um Blog indicado pelo Jornal O Globo, mas o importante é que esses reconhecimentos raros devem ser incentivados a bem da verdade.


    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui