“Ensino Público tem déficit de 300 mil professores” – elogio à manchete do Globo de 29 de dezembro de 2012

    35
    0

    Pessoal, a despeito de em janeiro de 2011 o Jornal O Globo publicar um artigo crítico quanto à intenção de Dilma em contratar 300 mil professores para a rede pública de ensino para viabilizar sua meta de manter todos os brasileirinhos em tempo integral nas escolas, artigo este imediatamente criticado por este Blog, como sempre, eu felicito a mudança de postura do Jornal que se redime com a publicação da matéria em epígrafe.

    Finalmente um tema importantíssimo como a educação, tratado como essencial pelas principais potências do mundo, como Alemanha, França, Inglaterra e China, assim como pelas nações de maior IDH no mundo como os nórdicos, assim como os de maiores avanços econômicos e sociais como Chile e Coréia do Sul, finalmente um tema desta importância atingiu a Manchete do maior jornal do País e ainda foi notícia de primeira página.

    E mais importante ainda foi o tratamento a questão mais importante sobre a falta de professores na rede pública (são 1 milhão e setecentos mil professores onde deveriam ser 2 milhões) esobre o motivo de a cada dia um professor pedir as contas: baixa remuneração!!

    O que escrevemos aqui? Não dá para querermos bons e comprometidos servidores públicos e estrutura pública nórdica com salários irrisórios pagos a nossos servidores públicos de todas as áreas… até parece que tem de ser gênio para chegar a essa conclusão. Soube que na Finlândia ser professor de creche é um dos salários mais altos do País, assim como um policial é muito bem remunerado. Depois não se sabe porque esses países têm maior IDH, é brincadeira.

    Mas está aí publicado o elogio. Infelizmente o tema não foi suscitado pela mídia. Como Dilma disse que vai resolver a questão e como a mídia não pode acusá-la de irresponsabilidade fiscal, já que nossa economia éatualmente uma das melhores do mundo com um dos menores déficits nominais (2,5% enquanto na Inglaterra é de 8,8%, p.ex.), com relação dívida/pib decrescente (hoje em 36,6%, considerando a dívida líquida), a mídia foi obrigada a publicar sobre o tema e participar do processo de melhora da educação, para não ser acusada mais à frente de não ter ajudado e ainda ter sonegado informação à população brasileira… mas mesmo assim… antes tarde do que nunca.

    p.s.: para comparar a mudança da publicação do globo sobre o tema, acesse http://perspectivakritica.blogspot.com/2011/01/necessarios-mais-300-mil-professores.html

    p.s. de 10/01/2012: texto revisto

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui