Início Colunas Câmbio baixo à vista

Câmbio baixo à vista

493
0

Além de o FED ter decidido manter as injeções de 85 bilhões de dólares por mês na economia americana, além de a economia americana estar melhor, e a européia e haver previsão de crescimento da China um pouco maior do que se estimava, e tudo isso significar menos pressão sobre o dólar no Brasil, ainda há mais notícias boas.

A relação dívida/Pib do Brasil mais uma vez cairá esse ano, atingindo 34%, enquanto EUA está em mais de 100% e Europa em médica de 90%!! Temos superávit fiscal primário, que diminuiu, mas existe, em torno de 1,5 a 2% para o fim do ano. Os déficits fiscais americanos e europeus estão entre 5 e 12%!!

- PUBLICIDADE -

Então, além de haver previsão de oferta de dólares nos EUA e no mundo (injeções do FED e incentivo ao investimento a partir de melhoria econômica nos principais mercados) e além de haver previsão de entrada de mais dólares no Brasil (alívio de riscos internacionais e sobra de dólares nos EUA e Europa para investimentos que incluem o Brasil e aumento de demanda de minérios e agrícolas brasileiros no exterior), nossa condição macroeconômica é sólida a incentivar essa afluxo de dólares para cá. Mas não é só isso.

Os leilões de petróleo do pré-sal atrairão bilhões e bilhões de dólares em investimentos… e agora Mantega confirma o interesse de fundos internacionais nas concessões de infraestrutura no Brasil.. como disse, era isso que tinha que ser feito para baixar o câmbio e não aumento de juros selic ou criticar a política econômica…

A previsão é de queda na contação do dólar, exceto por alguma surpresa estrangeira, que não está à vista no horizonte.. o BC terá que admisntrar agora o problema ao contrário erm 2014.

Acesse: http://oglobo.globo.com/pais/mantega-diz-que-fundos-estrangeiros-tem-interesse-em-concessoes-no-brasil-10127362

A ver.

- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui