Início Editorial Acessos globais ao Perspectiva Crítica atingem a marca de 250.300!!

Acessos globais ao Perspectiva Crítica atingem a marca de 250.300!!

71
0

Informamos que o Blog Perspectiva Crítica atingiu a marca de 1/4 de milhão de acessos globais desde junho de 2010, quando foi criado.

São 875 artigos publicados, um livro sobre uma nova teoria de Estado publicada, o Estado Conformacional, mais de 600 comentários, 56 seguidores. Foi criada a Fan Page do Blog e um canal do Youtube.

São acessos por mais de 40 países e a produção de informação de qualidade, com indicação de fontes, criticando a informação produzida pela grande mídia e inovando na pauta social, econômica e política.

É um trabalho feito em conjunto com você, leitor e seguidor, e teve o recorde de acesso no mês passado, outubro de 2016, com mais de 9.080 acessos em um único mês. O artigo mais acessado do Blog já conta mais de 7 mil acessos totais. E a média mensal de acessos ultrapassa 4.500.

O Brasil é o país de maior acesso, mas em seguida temos Estados Unidos, Alemanha, Rússia, e revezando-se abaixo dessas posições consolidadas, temos França, China, Portugal, com variações nos últimos lugares.

O segundo livro criado em meio a este amálgama de discussões sobre temas sociais, econômicos e políticos está a caminho e será uma coletânea dos principais artigos conceito do Blog Perspectiva Crítica.

Nosso objetivo é, com vocês, obter a correção da conduta da grande mídia para que publiquem a verdade. Nosso objetivo é questionar e expor notícias publicadas pela mídia que causam desinformações em massa. Nosso objetivo é melhorar o nível do debate social sobre economia, política e sociedade, para que encontremos saídas reais para problemas graves de nossa sociedade brasileira, sempre sobre a perspectiva do cidadão. Não de bancos. Não de grandes empresas. Não de políticos. Mas do cidadão, pessoa física.

Tentamos fazer pelo cidadão o que a CNI faz pelas indústrias, o que a CNC faz pelos comerciantes, o que a Febraban faz pelas instituições financeiras, o que a Fetranspor faz pelas empresas de ônibus no Rio de Janeiro. Queremos pensar a política, economia e sociedade para apontar caminhos de pressão a políticos e parlamentares apra que medidas sejam implantadas e melhorem a qualidade de vida do cidadão.

Queremos impedir os movimentos que somente tendem a empobrecer o cidadão, à medidas que enriquecem grandes empresas, bancos e políticos. E queremos incentivar e criar medidas que enriqueçam o cidadão.

Mas esta missão não é possível sem sua contribuição. Precisamos de sua participação, de sua crítica, seu comentário e o compartilhamento de artigos e idéias com sua rede pessoal para que as pessoas falem e pensem sobre o que debatemos aqui.

Não é possível sair do debate de controle orçamentário somente pelo lado do controle de gasto público, se você não pensar o problema pelo lado da arrecadação, comparando o Brasil com os países de PIB de mesmo tamanho do brasileiro. A mídia aponta que dever-se-ia acabar com servidores públicos e sua estabilidade. Ok. Mas e por que isso não foi feito nos países desenvolvidos? Rsrs.

Está sendo publicado que o aumento do salário mínimo é um dos pilares do problema atual do orçamento.. mas por que não se pensa em implementar imposto sobre herança no mesmo nível que existe nos EUA, França e Alemanha? Isso aumenta renda para o Estado e diminui a desigualdade social e a distância estrutural entre Brasil e países ricos.

A crise está grave? Ok. Mas na Europa e EUA foi pior e o que fizeram? Bem.. não aumentaram juros, senhores e senhoras.. os juros lá ficaram negativos em relação à inflação.. e por que aqui tem que ser tão diferente? Poderíamos baixar o gasto com juros? Sim. Mas por que não se fala nisso? Por que só massacrar pobres, servidores, aposentados e pensionistas?

Então, senhores e senhoras, nosso Blog tem como objetivo defender o cidadão e promover o bem estar público e o desenvolvimento nacional par atingirmos a estrutura européia e nórdica. Há essa possibildade. Já vimos que isso é possível. Mas somente será possível se a sociedade se apropriar do orçamento público assim como bancos e grandes grupos econômicos e políticos dele se apropriaram.

Somente quando direcionarmos democraticamente os gastos do orçamentos público, poderemos sonhar com um Brasil no nível que4 precisamos e merecemos.

Grande abraço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui