A falta de visão do governo sobre o projeto de álcool e o risco ao etanol brasileiro: as algas americanas

    29
    0

    Por falta de compromisso e organização, o Brasil vai perdendo a chance de tornar o álcool combustível uma commodity mundial e ser a Arábia Saudita do alcool combustível ao possuir o mais eficiente etanol atual.

    Mas recentementem segundo o Blog Verde, especialistas americanos descobrirão que enquanto 1 hectare de milho produz 300 galões de álcool/ano, 1 hectare de alga produa de 6 mil a dez mil galões de álcool/ano. Isto, se for verdade e se a produção for viável, retiraria a vantagem competitiva atual na produção de álcool combustível á base de cana-de-açúcar e enterraria a atual e existente possibilidade brasileira de ser o maior produtor e exportador de álcool do planeta, para virar um importador de álcool americano à base de alga ou produtor pagante de royalties aos americanos.

    Acesse o artigo referido em http://oglobo.globo.com/blogs/blogverde/posts/2012/07/16/algas-sao-fonte-promissora-de-energia-sustentavel-diz-ieee-455675.asp

    Será que o Governo Dilma, que não está muito eficiente na questão do petróleo, causará mais este dano à produção de combustível brasileira e a uma oportunidade fantástica de enriquecimento de cadeia produtiva, produção e distribuição de alcool combustível à base de cana por todo o Brasil e todo o mundo?

    Toda tecnologia avançada só é poonta até ser ultrapassada. Os EUA estão fazendo o que podem para ultrapassar o álcool de cana, enquanto a Imperatriz dorme em berço esplêncido e condena a produção de etanol brasileira ao ostracismo.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui