Mercado quer desemprego: a prova de que mercado não tem consiciência social e não se preocupa com a qualidade de vida do cidadão

    32
    0

    Senhores, Dilma tenta proteger o cidadão brasileiro do mercado. Vamos dar uma mão a ela.

    Felizmente e finalmente o mercado pôde se mostrar na sua mais absoluta forma!! Sem máscaras e subterfúgios, dessa vez o Mercado diz: Desempreguem para controlar a inflação!!!

    Isso é o que já foi escrito por aqui e publicado no Globo, mas foi publicado de novo hoje. Acesse  em http://oglobo.globo.com/economia/no-radio-dilma-defende-crescimento-que-de-chance-de-emprego-todos-8116487

    Pessoal, aproveitem esse momento. Está comprovado por palavras diretas e claras. O Mercado quer desemprego como forma de aliviar a inflação. E olhe que a inflação já está baixando há três meses, seja medida pelo IPCA, seja pelo IGP-M (menos importante).

    Isso é um crime. Há outros meios de se atacar a inflação, como está ocorrendo, sem condenar nenhum brasielrio ao desemprego. Isso é uma grande palhaçada. Veja se os bancos admitem que se calote dívida pública? Veja se os bancos baixam tarifa para ajudar a baixar a inflação? Vejam se baixam salários de seus executivos? Não. A lóigica que os enriquecem é intocável, mas sugerir que o brasileiro comum perca emprego é uma sugestaõ que fazem sem a menor cerimônia.

    Existem mil coisas que podem ser feitas para baixar a inflação sem ser aumentar juros e desempregar brasileiros, mas essas duas são simples e enriquecem bancos e o mercado, tanto por receberem mais juros da dívida, à custa da dívida pública, como por aumentar excesso de mão-de-obra que baixará salários, caso se desempregue brasileiros.

    O primeiro efeito que querem é que brasileiros não comprem (veja só?!?! diminuindo sua qualidade de vida!), para baixar a inflação, mas o segundo e mais importante, é ganhar competitividade à base de excesso de mãode obra que baixará o custo da mão de obra de brasileiro e matematicamente aparecerá que a competitividade aumentou, já que o custo do trabalhador por produto produzido baixaria!!

    Essa é a matemática do mercado: “Que se dane o brasileiro, contanto que eu enriqueça!”

    Agora que está tudo claro vamos ler o que existe e não o que parece ser! Na verdade nem há muito mais a desvendar.. omercado diz em alto e bom som que quer que se desempregue o brasileiro para que, assim, baixe a inflação!!!

    Caracasssssssssssssss Que absurdo!!!!!

    Graças a Deus a geração nova de economistas não é maquiavélica como os economistas das antigas que exigiam medidas que gerariam desempreego , mas ninguém falava que esse seria um objetivo… é brincadeira… que loucura!! Nunca pensei que o meu trabalho de abrir os olhos da populaçaõ pudesse ser tão facilitado!! AUHAUHAUHAUHAUAH

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui