Ranking de Ética e Honestidade dos partidos políticos nas Prefeituras do Estado do RJ

    71
    0

    Excelente matéria do Jornal O Globo da série “O que eles fazem com seu voto”. Isso é que ajuda a sociedade. Queremos ter a oportunidade de cada vez mais poder elogiar matérias do Jornal O Globo e da grande mídia em geral até o ponto em que não seja preciso elogiar porque ela já será tomada em sociedade como baluarte da verdade e da boa informação em sociedade. Até lá (o que está muito longe.. rsrsrs), estamos acompanhando, criticando, aplaudindo e ralhando.

    O Jornal preferiu fazer um corte da informação de prefeitos do Estado do Rio de Janeiro que (a)respondem a inquérito, processos, que (b) foram condenados ou (c) cassados e que (d) não têm qualquer problema (quatro categorias classificadas de prefeitos), partindo do partido com mais prefeitos e chegando ao partido com menos prefeitos. Legítimo. A publicação está na página 16 da edição  de 22/03/2015 do Jornal O Globo.

    Nós sugeriremos outro corte. Por quê? Porque no corte quantitativo de prefeitos por partido, feito pelo Jornal, os honestos ficaram com menor destaque, assim como os partidos com pior índice de desonestidade, considerando honestidade a inexistência de problemas com a Justiça, também não ficaram expostos.

    É claro que responder processo ou inquérito não é sinônimo de culpa. Ser condenado ou cassado já é um grau de certeza maior de desonestidade, mas a inexistência de qualquer processo ou inquérito também deve ser enaltecido não é mesmo? Então o melhor seria que o Globo tivesse feito assim como fazemos.

    Quem é o melhor partido cujos prefeitos não tiveram problema com a Justiça ou o Tribunal de Contas? Quem tiver menor percentual de problema ficará em primeiro lugar no nosso corte e em pior lugar ficarão aqueles com maior percentual de prefeitos cassados, condenados ou respondendo a inquéritos e processos criminais, cíveis ou administrativos.

    Ranking de Ética e Honestidade de partidos nas Prefeituras do Estado do Rio de Janeiro:

    1º – PDT, PSOL, DEM, PTB e PSDC – 0% de prefeitos com problemas de cassação, condenação ou respondendo a inquéritos ou processos – Meus parabéns a todos. Somente 5 em 16 partidos com nota dez em ética nas prefeituras.

    2º – PRB – 50% de seus 4 prefeitos têm algum problema com cassação, condenação ou respondendo a inquéritos ou processos.

    3º – PT – Em terceiro lugar em honestidade nesse ranking, 55% dos 11 prefeitos do PT dentre os 92 do Estado têm algum problema com cassação, condenação ou respondendo a inquéritos ou processos.

    4º – PP e PSB – Empatados em quarto lugar, 75% dos 16 prefeitos desses partidos têm algum problema com de cassação, condenação ou respondendo a inquéritos ou processos.

    5º – PMDB – 76% dos 25 prefeitos do PMDB no Estado do RJ têm algum problema com de cassação, condenação ou respondendo a inquéritos ou processos, o que significa que nem um quarto dos prefeitos da legenda parecem honrar com seus compromissos com os votos que receberam de seus eleitores e cidadãos. Uma legenda em que nem 1/4 de seus eleitos se salva é algo bem ruim mesmo. É para pensar sobre se se vota ou não nessa legenda, porque a chance de colocar alguém que não preste é de 76%!!! OU assim se mostrou na última eleição. Mas há piores.,,

    6º – PR, PSC – Dos 14 prefeitos dessas duas legendas, 86% têm algum problema com cassação, condenação ou respondendo a inquéritos ou processos. Difícil acertar na eleição de candidatos destes partidos para a Prefeitura do RJ.. rsrsrsrsrs. Mas há os campeões!!

    7º – PSDB, PSD, PC do B, PMN e PV – Os campeões da decepção e do desrespeito com o voto popular, dos 11 prefeitos eleitos por esses partidos nenhum passou ileso pelo crivo do Jornal O Globo e dos fatos: 100% desses prefeitos têm algum problema com cassação, condenação ou respondendo a inquéritos ou processos. Sendo que além da grande decepção em termos o PV e o PCdo B nesse lenco, o PSDB foi o que se mostrou mais ostensivo: seu prefeito de Itaguaí, Luciano Mota foi condenado e pego pela Polícia por desvio de 30 milhões de reais. Era comumente visto pela cidade andando de Ferrari. Veja a matéria em http://oglobo.globo.com/rio/suspeito-de-desvio-de-verba-prefeito-de-itaguai-diz-que-ferrari-tv-helicoptero-sao-de-amigos-14899827 ou melhor, veja essa matéria http://oglobo.globo.com/rio/itaguai-prefeito-acusado-de-chefiar-esquema-de-desvio-de-verba-que-renderia-30-milhoesmes-14870577

    Interessante que dentre os mais confiáveis, que ficaram em primeiro lugar, somente um seja um grande partido, o DEM, e os demais sejam partidos menores de centro-esquerda ou de esquerda como o PSOL, PTB, PDT e PSDC. Mas muito interessante (e triste) que os atuais baluartes da honestidade, o PSDB, o PCdoB e PV estejam elencados nessa legislatura como os piores e menos confiáveis no ranking apresentado.

    Esperamos que esse tipo de informação seja mais frequente, pois expõe os partidos e os obriga a buscarem melhores pessoas e candidatos para seus quadros. Por outro lado, apesar de as eleições brasileiras serem altamente personificadas, esperamos que em algum momento essa informação possa ter ou apresentar uma frequência que lhe dote de peso, substância, significância na avaliação do mérito de partidos para nossa democracia. Sem partidos confiáveis a sociedade fica suscetível a rompantes de personalismos e personalidades, e assim pode vir um caudilho…

    Interessante notar que no mundo dos fatos, pelo menos nas prefeituras do RJ, o PSDB ficou pior na fita do que o PMDB e PT, ao menos percentualmente falando. A realidade dos números, apesar de sempre discutível, demonstra coisas que muitas vezes por preconceito ou por indução de textos da grande mídia, não queremos ou não podemos ver. O ideal seria que o número de prefeitos entre o PMDB, PT e PSDB fosse igual para a comparação ser perfeita. Mas o mundo não é perfeito.. e nessa comparação 100% de reprovação para o PSDB ficou muito feio. Mas PT e PMDB também tiveram resultados muito ruins, tendo o PT problema com 55% de seus prefeitos e o PMDB com 76% de seus prefeitos.

    Bem na fita mesmo ficaram o PSOL, PDT, PSDC, DEM e PTB com 100% de prefeitos sem qualquer problema suscitado em suas gestões. Meus parabéns a estes partidos. Honraram o voto de seus eleitores. Aguardamos mais notícias de seus candidatos. Se todos os partidos fossem iguais a esses, a corrupção seria muito menor e a qualidade de vida de todos os cidadãos fluminenses aumentaria muito, de uma legislatura para a outra!

    Parabéns ao PSOL, PDT, PSDC, DEM e PTB que podem ser depositários de esperança na honestidade em todo o Estado do Rio de Janeiro.

    Parabéns ao Globo, que fez a pesquisa, que sabemos ser trabalhosa. Isso é informação de qualidade. A democracia agradece.

    p.s.: Texto revisto e ampliado.

    p.s. de 04/09/2015 – Corrigidos os últimos parágrafos que mencionam os partidos mais honestos no artigo. Por equívoco, não constava o DEM na relação que inclui PSOL, PDT, PSDC e PTB. Corrigimos a falta.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui