Início Editorial 201.553 acessos!!! Bolg Perspectiva Crítica seguindo seu rumo!

201.553 acessos!!! Bolg Perspectiva Crítica seguindo seu rumo!

75
0

Compartilhamos com vocês a ultrapassagem da marca de 200.000 (duzentos mil) acessos!!!!

É uma marca muito feliz!! Significa 1/5 de milhão de acessos em um blog sem fotos, e com textos longos sobre temas sérios e, até, áridos.

Todos nós estamos de parabéns. Com o passar do tempo os mais de 835 artigos, além dos futuros, mais de 500 comentários e críticas e debates e troca de ideias no Blog farão um registro histórico das análises nossas (do blog e dos leitores) no tempo.

É a construção de um canal de comunicação novo. Um canal nosso. Com enfoque integral na perspectiva dos fatos sociais e políticos sob a perspectiva do cidadão.

O que começou com um blog simples, alguns artigos e 900 acessos no primeiro mês de vida, em junho de 2010, agora é um Blog Político e Econômico, um atrium de troca de ideias e perspectivas sobre promulgações de leis, projetos de leis, decisões de governo, atos e omissões de governantes e parlamentares, discussão sobre finanças públicas, emprego e economia, bem como sobre a eficiência da administração pública e como podemos fazer para que o nosso país melhore e melhore a qualidade de vida do cidadão brasileiro. E não só um Blog, mas também uma Fan Page e um Canal do Youtube.

A revisão do livro do Blogger (O Estado Conformacional) e a preparação dos textos para o lançamento do libro do Blog Perspectiva Crítica vem tomando tempo para a produção de artigos, mas entendemos que a finalidade do Blog Perspectiva Crítica é disseminar de todas as formas as notícias e conclusões reais resultado das análises dos fatos publicados na mídia nacional e estrangeira e do debate entre o blogger e os leitores e seguidores, com o claro objetivo de oxigenar as versões da realidade que imperam em nossa sociedade que é exclusivamente publicada sob a perspectiva de empresas e, muito principalmente de bancos.

Temos a tenaz pretensão de abrir os olhos do cidadão para a verdadeira realidade que o cerca e demonstrar como ele vem sendo diariamente empobrecido pelo sistema e correlação de forças que existe hoje em nossa sociedade. E queremos propor formas de enriquecer o cidadão, o que, pelo que vimos, em muito passa por garantir eficiência à prestação de serviços públicos, como ocorre na Alemanha, França, países nórdicos e desenvolvidos de uma forma geral.

Aqui você passa a saber que os países com maior IDH no mundo são os que têm a maior relação “servidor público/trabalhadores em sociedade”, ou seja, os países mais ricos têm até três vezes mais servidores públicos por habitante do que o Brasil. Mas a mídia diz que o Brasil tem muitos servidores públicos. Mas se o investimento em servidores públicos fosse como nos países europeus, quanto você economizaria com plano de saúde e educação de filhos, como os franceses e suecos, por exemplo? Uma fortuna.

De várias maneiras os bancos e empresas influenciam a produção de leis e criação de pautas de atos de governo de forma a se enriquecerem em detrimento de você e sua família e nós temos a firme convicção em revelar isso para você. A grande mídia é o maior instrumento para que tais atos e pautas se apresentem de forma palatável para a sociedade. E as publicações angariam a simpatia pública a tais atos e pautas e que, por sua vez, pressionam os parlamentares a realizar tais projetos, em malefício dos cidadãos, por mais incrível que isso possa parecer.

A cada debate mostramos erros nas publicações ou manipulação de fatos e notícias e procuramos passar a realidade dos fatos como podemos ver, de forma clara como nos parece; sempre a bem da verdade, a bem do interesse público e do cidadão e de sua família, pois não são empresas ou bancos que vivem em sociedade, mas pessoas. Empresas e bancos são importantes e devem ser prósperos e terem lucro, claro, mas não se deve empobrecer o cidadão de forma principiológica e perene sem que o custo/benefício não compense.

A finalidade do Estado é realizar um projeto de nação e isso passa em dar dignidade a todos os seus cidadãos. Ficamos felizes que hoje, depois da criação do Blog, alguns expoentes literários tenham surgido para enaltecer essa outra via através da qual o Estado, a sociedade e as pessoas podem se realizar em sua plenitude, garantindo a promoção do bem de todos e não só o lucro de bancos e empresas, a custo de baixos salários, de jornadas extenuantes de trabalho, de excesso de taxação de impostos, da precarização da relação do trabalho e da diminuição do Estado e, consequentemente de prestação de serviços públicos.

Existem outras pessoas que podem ser lidas e outros parâmetros a pautar a sociedade. Quem fala sobre a eficiência do custo/benefício do pagamento de impostos a partir da análise de quanto de serviço público é prestado a partir do que se paga de imposto? Só este Blog. Que mídia aponta que países mais ricos e com cidadãos vivendo melhor têm mais servidores públicos por habitante do que o Brasil? Só o Perspectiva Crítica. Quem aponta qual o retorno econômico ao nosso país da prestação de serviços públicos, sugerindo como se deve analisar o “gasto público”? Salário de servidor público é custo ou investimento? Na Alemanha há mais servidores públicos do que no Brasil e o ambiente econômico é melhor. Qual o percentual do PIB na Alemanha, países nórdicos e EUA que é investido em servidores públicos? A grande mídia não faz estes questionamentos para você. Nós do Perspectiva Crítica é que fazemos. Leia mais Paul Krugman, Joseph Stiglitz, George Vidor, Delfim Neto, Thomas Piketty, Mariana Mazzucato, Moniz Bandeira, Noam Chomsky, Domenico de Masi, Jornal do Commercio, Blogs Econômicos e Sociais. Há muita informação mais verdadeira por aí do que a que a grande mídia publica para você. Leia a grande mídia, claro, mas reflita e não assimile imediatamente tudo o que ela te coloca. Muitas vezes está mentindo e te desinformando para que você defenda interesses que não são seus.

Temos de parar de nos submeter à pautas sociais, políticas e econômicas exclusivamente propostas e propagandeadas pela grande mídia e seu grupo de interesse. Temos de fazer nossa pauta de cidadão. A internet é o instrumento. Temos de dizer como gastar o orçamento público. temos de entender como os países ricos, que eram pobres depois da segunda guerra, se enriqueceram com o serviço público que criaram. A riqueza vem antes do aumento da prestação de serviço público? Ou o aumento da prestação de serviço público vem antes da produção massiva de riqueza? Nossos estudos apontam pela segunda opção. Porque foi isso que aconteceu com a Europa, Japão, Alemanha e até EUA, que voltou a crescer depois da crise de 1929 após massivo gasto público em licitações e concursos públicos. E assim se mantém até hoje.

Nós fazemos perguntas que você não verá feitas pela grande mídia e buscamos a resposta que enriquecerá o cidadão. Sem criar gastos públicos que não sejam sustentáveis e, inclusive, decrescentes em relação ao crescimento do PIB. Isso é possível. Já aconteceu com outros países que hoje são ricos. Podemos fazer o mesmo. Mas as informações publicadas a nós nos tiram sempre deste caminho.

Façamos nosso caminho. Agradecemos sua companhia por esses quase 6 anos de debates. Vocês fazem o Brasil melhor e gostamos de crer que fazemos isso juntos.

Parabéns a todos por esse marco atingido de mais de 200 mil acessos por mais de 40 países em todo o mundo!

Parabéns ao quase Canal de Mídia Perspectiva Crítica!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui